1. Home
  2. Business

Ministro das Comunicações garante 5G em capitais a partir de julho de 2022

Fábio Faria disse que mesmo com atrasos do leilão, país terá internet 5G ainda na metade do ano que vem

Pedro Teixeira, da CNN, em Brasília
O ministro das Comunicações, Fábio Faria
Foto: Alan Santos/PR (17.jun.2020)

Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, o Ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse que mesmo com os atrasos do leilão, o país terá internet 5G ainda na metade do ano que vem.

A confirmação aconteceu no evento em que Faria anunciou uma comitiva liderada por ele, que irá viajar no próximo dia 6 de junho para os Estados Unidos para tratar da implementação da tecnologia 5G, a quinta geração de comunicação móvel no Brasil.

A missão oficial aos EUA visita as cidades de Washington e Nova Iorque e tem como objetivo conhecer as redes privativas de 5G e promover o diálogo com potenciais investidores em telecomunicações.

“A próxima década será do 5G, e com isso vamos precisar de muito investimento, e nossa viagem tem como objetivo dialogar com investidores para o país”, afirmou o ministro.

Fábio Faria confirmou que a previsão para que o leilão das faixas de radiofrequência destinadas à conexão da tecnologia aconteça no segundo semestre.

Além de Faria, integram a comitiva os senadores Flavio Bolsonaro e Ciro Nogueira; o secretário de Assuntos Estratégicos do Planalto, Flávio Rocha; Alexandre Ramagem, diretor da Abin; Hélio Santana, diretor de tecnologia da presidência da República; ministros do Tribunal de Contas da União (TCU), Raimundo Carreiro, Bruno Dantas e Walton Alencar, além de um representante do Ministério da Defesa especialista em cyber segurança e representantes do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério das Comunicações.