Dólar atinge nova máxima após divulgação do PIB


Do CNN Brasil Business, em São Paulo*
04 de março de 2020 às 20:35 | Atualizado 15 de março de 2020 às 17:13
Bolsa de valores

Crédito: Foto: Agência Brasil

O dólar atingiu nova máxima nesta quarta (4) ao atingir R$ 4,58, alta de 1,58%. O aumento acontece após a divulgação do PIB, que mostrou que a economia brasileira cresceu 1,1% em 2019— o menor avanço em três anos. A Bovespa fechou em alta de 1,71%, após o Banco Central anunciar intervenção.

A moeda americana passou quase o dia todo ampliando a alta contra o real e fechou perto das máximas da sessão. Nem mesmo o anúncio do Banco Central, de que haverá um leilão com oferta de até US$ 1 bilhão nesta quinta (5) conseguiu frear o aumento.

Flávio Byron, sócio da Guelt Investimentos, entende que o problema maior para o câmbio neste momento parece ter cunho político. "Esse embate entre Executivo e Legislativo, essa briga em torno da aprovação das reformas, essa lentidão... tudo isso gera desconfiança do investidor e tem grande fundamento na alta recente do dólar."

De acordo com analistas da Terra Investimentos, o Ibovespa deverá continuar bastante volátil, acompanhando indicadores econômicos e desdobramentos relacionados ao novo coronavírus, principalmente os reflexos nas economias, conforme relatório.

Também estão no radar expectativas de que o Banco Central reduzirá a taxa Selic, atualmente em 4,25%. Na véspera, o BC disse que as próximas duas semanas permitirão uma avaliação mais precisa.

De acordo com dados divulgados hoje mais cedo pelo IBGE, a economia brasileira teve em 2019 o pior crescimento em três anos, apesar da aprovação da reforma da Previdência. Várias instituições financeiras têm revisado para baixo suas projeções para o PIB deste ano à casa de 1,5%. 

*(Com Reuters)