NY adia salão do automóvel para agosto devido ao coronavírus


Do CNN Brasil Business, em São Paulo
10 de março de 2020 às 20:08 | Atualizado 15 de março de 2020 às 13:40

O salão do automóvel de Nova York foi adiado de abril para agosto por causa do coronavírus. Trata-se do mais recente exemplo de uma série de grandes eventos adiados ou cancelados por preocupações com a epidemia.

Em Nova York, o programa do evento, originalmente previsto para abril, será remarcado para 28 de agosto a 6 de setembro. A área da cidade de Nova York tem visto um número crescente de casos de coronavírus. Muitas montadoras de veículos planejavam usar o salão para lançar novos veículos.

"Estamos dando esse passo extraordinário para ajudar a proteger nossos participantes, expositores e todos os participantes do coronavírus", disse Mark Schienberg, presidente da Associação de Revendedores de Automóveis da Grande Nova York, organizadores do Salão do Automóvel de Nova York.

Nos últimos anos, a exposição atraiu mais de 1 milhão de visitantes e serviu como incentivo para o setor hoteleiro da cidade. Normalmente, atrai mais de 5 mil repórteres.

Vários outros eventos do setor de automóveis em todo o mundo foram cancelados ou adiados devido ao surto de coronavírus, incluindo os de Pequim, Genebra e São Paulo.

Algumas montadoras cancelaram separadamente outros eventos de mídia programados para as próximas semanas, citando o surto de coronavírus.

(Com Reuters

fábrica carros

Montadoras cancelam eventos de mídia programados nas próximas semanas devido ao coronavírus (13.Ago.2013)

Foto: Nacho Doce/Reuters