Petrobras reduz preços da gasolina e do diesel após forte queda do petróleo


Do CNN Brasil Business, em São Paulo*
12 de março de 2020 às 13:17 | Atualizado 15 de março de 2020 às 12:32

A Petrobras informou nesta quinta-feira (12) que reduziu o preço da gasolina em 9,5%, ou R$ 0,1600 o litro, e do diesel em 6,5%, em R$ 0,1250 o litro em todas as praças. A queda vem em resposta à drástica redução do preço do petróleo no mercado internacional. A vigência dos novos preços começa amanhã.

Desde o início do ano a commodity vem caindo de preço por causa do coronavírus, que ameaça o crescimento da economia global, e mudou de patamar nos últimos dias por uma queda de braços entre a Rússia e a Arábia Saudita pelo volume de petróleo disponível no mercado.

Nesta quinta, o barril do petróleo operava por volta dos US$ 33, depois de ter aberto o mês de março em torno dos US$ 50.

Os cortes de preços da petroleira estatal refletem a política que segue o princípio da paridade de importação, que leva em conta preços no mercado internacional mais os custos de importadores, como transporte e taxas portuárias, com impacto também do câmbio.

No ano, o dólar acumula alta de cerca de 20%, após superar R$ 5 pela primeira vez nesta quinta-feira. Já o preço do petróleo Brent recuou cerca de 50% em 2020, com a queda sendo acentuada nesta semana.

O repasse de ajustes dos combustíveis nas refinarias para o consumidor final nos postos não é imediato e depende de diversos fatores, como consumo de estoques, impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis.

*(Com Estadão Conteúdo e Reuters

Refinaria da Petrobras em Paulínia (SP)

Refinaria da Petrobras em Paulínia (SP). Decisão de reduzir preço da gasolina e do diesel é resposta à drástica redução da cotação do petróleo no mercado internacional

Foto: Paulo Whitaker/Reuters