LinkedIn começa a testar recurso de stories, popularizado pelo Snapchat


14 de março de 2020 às 15:57
Sede do LinkedIn em Sunnydale, na Califórnia

Sede do LinkedIn em Sunnydale, na Califórnia

Crédito: LinkedIn / Divulgação (5.fev.2020)

A rede social de negócios LinkedIn está testando a função de stories, recurso visto pela primeira vez no aplicativo de mensagens Snapchat. A informação é do diretor do departamento de produtos da empresa, Pete Davies, que escreveu um artigo no próprio aplicativo sobre o assunto. 

Segundo ele, no momento, os testes estão sendo realizados apenas internamente e devem ser liberados para os funcionários em alguns meses. 

Davies disse que, em 2019, a equipe de produtos começou a se perguntar como seria um story utilizado em contexto profissional. Após pesquisas, eles viram que esse formato seria interessante, por exemplo, para compartilhar determinados momentos de eventos em empresas.

O recurso se popularizou, segundo Davies, por ser uma forma de dar leveza ao conteúdo visto na plataforma, “um modo divertido de compartilhar uma atualização sem ter que ser perfeita ou fixada no seu perfil para sempre”.

Nos últimos anos, o LinkedIn lançou recursos como newsletter, vídeos ao vivo e possibilidade de reagir a alguma publicação (como no Facebook).  

O diretor explicou que “conversas são o coração de muito do que acontece no LinkedIn” e, por isso, a companhia trabalha para “garantir que os profissionais tenham todos os formatos e oportunidade de resposta que precisam para tornar essas conversas o mais produtivo possível”.