Carteira Inteligente: é hora de comprar ações? Especialistas respondem


Do CNN Brasil Business, em São Paulo
17 de março de 2020 às 19:43 | Atualizado 20 de março de 2020 às 15:21
Carteira Inteligente

 

Foto: CNN Brasil/Divulgação

No programa de estreia do Carteira Inteligente, especializado em investimentos e finanças pessoais, o apresentador Fernando Nakagawa, também diretor do CNN Brasil Business, recebeu dois grandes nomes do mercado financeiro brasileiro. Juntos, Henrique Bredda, principal gestor da Alaska Asset Manageament, e Luís Felipe Amaral, gestor do Equitas Investimento, são responsáveis por gerir um montante de R$ 20 bilhões.

Porém, esses valores tiveram uma grande redução nas últimas semanas. Motivos para isso não faltaram. A pandemia de coronavírus, claro, é a que mais assusta. Mas a guerra de preços no setor petrolífero entre Rússia e Arábia Saudita, a crise política entre o Executivo e o Legislativo e o risco de recessão criado por todos esses problemas já estão no radar dos investidores – que também estão vendo oportunidades.

Tanto Bredda quanto Amaral acreditam que agora é hora de comprar. Sim, é no estresse em que se encontram as melhores oportunidades. Ambos creem que, apesar da crise, os fundamentos da empresa não foram tão alterados como os preços delas, que desabaram nas últimas duas semanas.

"As pessoas precisam voltar ao plano original de investimento: qual era o meu objetivo quando comecei a investir? Os bons investimentos acontecem ao longo do tempo e os investidores precisam separar o que é ruído causado pelas crises e o que é mudança de fato da empresa", diz Bredda.

Não por acaso, Amaral também está comprando. Ambos estão olhando para empresas que podem estar sofrendo no curto prazo, mas que possuem fundamentos sólidos para ganhos lá na frente. Um dos exemplos foi a empresa de papel e celulose Suzano, que continuará vendendo papel para a China quando a crise arrefecer. Além dela, também foi citada a companhia de educação Cogna. Afinal, as pessoas continuarão estudando com ou sem crise. 

Para saber mais dicas e entender como o mercado deve se organizar a partir do tombo das últimas semanas, confira o programa do Carteira Inteligente na íntegra.