Secretário do Tesouro: "economia crescer 1% é cenário otimista"


Da CNN Brasil, em São Paulo
17 de março de 2020 às 00:29 | Atualizado 17 de março de 2020 às 03:24
 
Em entrevista para a CNN Brasil nesta segunda-feira (16), o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, analisou a atual situação da economia brasileira diante do coronavírus e explicou detalhes sobre o plano emergencial.

Segundo Mansueto, o Brasil vive uma situação única, e por conta disso o governo deve agir como “adulto” e encontrar espaço fiscal para movimentar economia.

“Estamos em situação única. Precisamos ser adultos e encontrar um espaço fiscal restrito a este ano para dar algum fôlego a economia e garantir dinheiro para a saúde, mas isso não vai salvar o crescimento. Precisamos aplicar as medidas corretas para diminuir a desaceleração da economia A piora fiscal deve ficar restrita a este ano”.

Ele também comentou sobre as projeções de crescimento da economia, e disse que a equipe econômica não trabalha com cenário de recessão, mas que na situação atual “o crescimento de 1% é análise otimista”.

Sobre os R$ 147 bilhões destinados ao combate da crise, Mansueto diz que o pacote não inclui gastos novos, e que não vai afetar o equilíbrio fiscal.

“As Medidas anunciadas incluem pagamentos antecipados que seriam feitos em julho agosto e dezembro que serão antecipados para abril, maio e junho. O pacote não inclui despesas novas e não terá impacto fiscal”.