Coronavírus: Hospital Albert Einstein pode erguer unidade de campanha, diz CEO


Raquel Landim
Por Raquel Landim, CNN  
18 de março de 2020 às 21:16
Líderes

 

Foto: Divulgação

O Hospital Albert Einstein, de São Paulo, tem um plano detalhado para a construção de uma unidade móvel de campanha para combater a pandemia de coronavírus no estado. Em entrevista exclusiva à Raquel Landim, no CNN Líderes, Sidney Klajner,  presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, afirma que se a demanda aumentar, a instituição está pronta para montar um hospital de campanha em um estacionamento em frente ao hospital, na zona sul de São Paulo. 

“Ao longo dos últimos meses, procuramos ter estoque além do necessário. Nós hoje temos condições de ampliar a capacidade em mais de 100 leitos de UTI porque nos preparamos para tal. Mas se forem necessários 200 leitos, talvez faltem não só insumos, mas também uma estrutura física para criar novas UTIs”, disse Klajner.

“Uma das estratégias é a construção de um hospital de campanha. Um deles estamos programando construir em um terreno de estacionamento bem em frente ao hospital. A demanda vai mostrar se isso será necessário ou não. É um plano que já está detalhado para ser implementado num tempo curto caso seja necessário.”

A entrevista aconteceu por Skype devido às restrições de circulação de pessoas na capital para evitar o contágio da doença. Na conversa, o executivo também fala sobre a parceria entre o Hospital Albert Einstein e o SUS e conta como é a gestão de um grande hospital em um momento de crise como o atual. Assista: