Presidente do Santander Portugal morre após ser contaminado com coronavírus


Matheus Prado do CNN Brasil Business, em São Paulo*
18 de março de 2020 às 09:46 | Atualizado 18 de março de 2020 às 10:52
santander

António Vieira Monteiro morre aos 73 anos (02.mai.2016)

Foto: Rafael Marchante/Reuters

O presidente do conselho administrativo do Santander Portugal (ainda conhecido no país como Santander Totta), António Vieira Monteiro, morreu nesta quarta-feira (18) em Lisboa.

Ele estava em quarentena e faleceu no hospital Curry Cabral depois de ser infectado com a Covid-19. O banco confirmou ao CNN Brasil Business a morte do gestor de 73 anos. 

A imprensa local afirma que Vieira Monteiro foi colocado em quarentena no início deste mês após uma viagem à Itália, e estava em tratamento intensivo desde a semana passada.

O executivo era formado em Direito e fez longa carreira no mercado financeiro. Começou em 1970, no Banco Português do Atlântico, passou pela Caixa Geral de Depósitos entre 1993 e 2000 e estava há 20 anos no Santander.

Essa foi a segunda morte por coronavírus no país. Até hoje, Portugal tem 448 casos confirmados de coronavírus, muito abaixo dos 11.178 da vizinha Espanha. 

*(Com Estadão Conteúdo e Reuters)