Entenda como o coronavírus afeta a economia dos Estados Unidos


Do CNN Business, em São Paulo
23 de março de 2020 às 18:51

O cenário começa a ficar nebuloso para o presidente americano Donald Trump. Não só por conta do avanço do coronavírus nos EUA, mas também dos efeitos econômicos que a COVID-19 vai trazer ao país neste ano eleitoral.

Durante a sua campanha em 2016, Trump prometeu “jobs, jobs and jobs” (empregos, empregos e empregos). De fato, ele conseguiu cumprir a promessa: os Estados Unidos chegaram a ter uma taxa de desocupados de somente 3%, o que é considerado um cenário de pleno emprego.

Agora, no entanto, relatórios mostram que o panorama está se invertendo aceleradamente a oito meses do pleito. O Federal Reserve, o banco central americano, por exemplo, acredita que o desemprego subirá para 30% até o fim do ano. A capacidade de produção americana também deve ser reduzida em 50%.

Entenda mais sobre o atual cenário dos Estados Unidos no comentário de Marcelo Favalli, editor de internacional da CNN, para o Panorama CNN Business.