China projeta retomar economia em abril, diz cônsul-geral do país no Rio

Para Li Yang, maior desafio que o país tem pela frente é o de conter os casos importados da doença

Paula Martini CNN, no Rio
29 de março de 2020 às 23:22 | Atualizado 30 de março de 2020 às 12:15
O cônsul-geral da China no Rio de Janeiro, Li Yang
Foto: Reprodução / CNN

O cônsul-geral da China no Rio de Janeiro, Li Yang, afirmou que especialistas projetam para abril a retomada da economia chinesa, uma das mais afetadas pelo novo coronavirus. Segundo ele, alguns setores já alcançaram 90% da normalidade. O cônsul explicou que, agora, o objetivo é conseguir estabilizar a cadeia de suprimentos de produção de setores estratégicos.

"Nosso objetivo principal é estimular funcionamento normal de segmentos globais. Agora, a pandemia disparou para todo o mundo. A China já tem muito bem controlado. Mas precisam todos ficar juntos, combater o coronavirus e retomar a economia global", disse.

Sobre os números da Covid-19, o cônsul avalia que o maior desafio que a China tem pela frente é o de conter os casos importados. Questionado sobre as principais lições aprendidas pelo país com a doença, ele citou o que chamou de "quatro cedo": detecção cedo, notificação cedo, isolamento cedo e tratamento cedo.

Na avaliação do cônsul, agora maior desafio da China é conter os casos importados de outro países. Questionado sobre as principais lições aprendidas pelo país com a Covid-19, ele citou o que chamou de "quatro cedo": detecção cedo, notificação cedo, isolamento cedo e tratamento cedo.

"De fato, nós tiramos muitas lições na batalha contra corona. A maior é conhecermos as vantagens específicas do socialismo com características chinesas.Tambem tiramos muitas lições na batalha sobre medidas, proteções e medicamentos. Nossa grande conclusão é que isolamento eficaz é muito importante nessa batalha." 

Para o cônsul da China no Rio de Janeiro, o estado e o município estão tomando as medidas necessárias pra conter o avanço da doença. Ele também aproveitou pra deixar uma mensagem aos brasileiros.

"Meu conselho é para o povo brasileiro prestar muita  atenção ao coronavírus porque tem grande capacidade de danificar saúde e  sociedade. Se tomarmos medidas corretas, poderemos vencer essa epidemia. A experiência da China justifica isso".