EUA, Rússia e sauditas se reúnem por acordo para reduzir produção de petróleo

Só a possibilidade de acordo já fez com que os preços do barril subissem 4% e as ações da Petrobras subissem quase 6%

Fernando Nakagawa
Por Fernando Nakagawa, CNN  
09 de abril de 2020 às 07:08 | Atualizado 09 de abril de 2020 às 08:54
Fernando Nakagawa
Abertura de Mercado é um podcast diário com as principais notícias econômicas
Foto: CNN Brasil

Principais países produtores de petróleo devem se reunir a partir desta quinta-feira (8) para discutir eventual corte na produção. No Brasil, Tesouro Nacional deve subsidiar a conta de luz de 9 milhões de famílias e governo explica que abono salarial do fundo Pis-Pasep não acabou, só mudou de lugar.

No episódio de hoje:

- Mercado financeiro engatou terceiro dia de alta essa semana;
- Investidores estão se agarrando aos sinais de que o novo coronavírus pode estar se estabilizando na Europa e nos Estados Unidos;
- Por aqui, a B3 já subiu mais de 13% em três dias;
- O dólar também segue caindo, cotado agora a R$ 5,14;
- Além do otimismo do mercado interno, ajudou também uma intervenção do Banco Central no mercado futuro;
- Mercado de petróleo foi outro que adotou tom otimista;
- Nesta quinta-feira (9), os principais países produtores devem se reunir para discutir eventual corte na produção;
- Rússia, Arábia Saudita e Estados Unidos estarão presentes na reunião;
- Só a possibilidade de acordo já fez com que os preços do barril subissem 4% e as ações da Petrobras subissem quase 6%;
- Tesouro Nacional vai desembolsar R$ 900 milhões para bancar a conta de luz de 9 milhões de famílias no Brasil. Essa é mais uma medida para tentar proteger as famílias mais vulneráveis da crise econômica;
- A corrida por material médico poderá deixar sequelas no comércio exterior, diz o diretor-geral da OMC, Roberto Azevêdo, em entrevista à CNN;
- Os Estados Unidos foram acusados de interceptar e direcionar material desse tipo para o seu território;
- Alemanha, França e Brasil estão entre os prejudicados por estas decisões;
- O Ministério da Economia explicou nessa quarta (8) que o abono salarial do fundo Pis-Pasep continuará existindo. A diferença é que agora este dinheiro vai diretamente para o Fundo de Amparo ao Trabalhador;
- A Lufthansa vai tirar de sua operação, de forma permanente, 40 aviões de frota e 300 aeronaves por conta da crise;
- A direção da companhia acredita que podem ser necessários alguns anos para que o setor volte a ter o número de passageiros pré-coronavírus;
- AGENDA: Às 9h, será divulgada a variação do IPCA no Brasil durante o mês de março;
- Às 9h30, os Estados Unidos divulgam novos dados sobre pedidos de seguro desemprego no país.