Após mês de quarentena, 91 mihões de brasileiros têm conta atrasada

Antes da pandemia, eram 60 milhões de inadimplentes, o que mostra um crescimento de 31 milhões de pessoas — a população de um país como o Peru

Fernando Nakagawa
Por Fernando Nakagawa, CNN  
20 de abril de 2020 às 07:49 | Atualizado 20 de abril de 2020 às 11:08
Abertura de Mercado é um podcast diário com as principais notícia econômicas
Foto: CNN Brasil

Depois de um mês de isolamento social, 91 milhões de brasileiros, ou 58% da população, têm ao menos uma conta em atraso, segundo pesquisa do Instituto Locomotiva. Antes da pandemia, eram 60 milhões de inadimplentes, o que mostra um crescimento de 31 milhões de pessoas — a população de um país como o Peru.

No episódio de hoje:

- Crise econômica do coronavírus pode empurrar 5,7 milhões de brasileiros para a extrema pobreza, estima o Banco Mundial, segundo reportagem do Valor Econômico;
- BNDES prepara socorro a grandes empresas de até dez setores econômicos, incluindo áreas, energia, automotivo e varejo não alimentício;
- Preço do petróleo começa a semana em queda, com analistas preocupados com a queda da demanda global;
- Governos regionais da China oferecem até US$ 1,4 mil para quem quiser carro, mostra reportagem do CNN Business, em Hong Kong;
- Funcionários de quatro fábricas da Volkswagen no Brasil votam hoje a proposta de corte de 30% na jornada de trabalho e salários;
- Disney vai parar de pagar mais de 100 mil empregados nesta semana, em resposta à pandemia da COVID-19;
- Na agenda do dia, os mercados monitoram os desdobramentos da fala do presidente Jair Bolsonaro, de que “não quer negociar nada”, em um protesto que pedia até intervenção militar;
- Agenda: no Senado, a media provisória que cria o contrato de trabalho Verde e Amarelo pode caducar hoje;
- Paulo Guedes, ministro da Economia, tem reunião com Bolsonaro, às 14h, e às 17h, participa de teleconferência do banco BTG Pactual.