Embraer inicia arbitragem contra a Boeing

Fabricante norte-americana anunciou no sábado que desistiu de acordo de US$ 4,2 bilhões para comprar a divisão de jatos da brasileira, feito em 2018

Raquel Landim
Por Raquel Landim, CNN  
27 de abril de 2020 às 10:01
Embraer não informou em qual câmara de arbitragem abrirá processo contra a Boeing
Foto: Roosevelt Cassio/Reuters

A Embraer informou nesta segunda-feira (27) que iniciou procedimentos arbitrais contra a Boeing pelo rompimento do acordo para a compra de sua divisão de jatos regionais pela gigante americana.

A arbitragem é um mecanismo previsto em contratos privados, geralmente mais rápido que a Justiça comum. Três juízes escolhidos pelos envolvidos decidem a questão.

No fato relevante divulgado ao mercado, não foi informado qual é a câmara de arbitragem.

A Embraer já havia dito publicamente que buscaria uma indenização.No último sábado (25), a Boeing informou que havia desistido do acordo para comprar a divisão de jatos regionais por US$ 4,2 bilhões.