Setor automotivo adota medidas de prevenção e retoma produção de forma gradual

Mudanças incluem medição de temperatura, disponibilização de máscara e álcool gel e distanciamento em espaços comuns

Da CNN, em São Paulo
29 de abril de 2020 às 11:28

O setor automotivo começa a dar os primeiros passos para retomar a produção após a suspensão de grande parte das atividades devido à pandemia do novo coronavírus. Para isso, indústrias adotam medidas de prevenção à COVID-19.

Em uma empresa em São Bernardo do Campo, no interior de São Paulo, as mesas do refeitório coletivo foram afastadas para aumentar o distancimento social e agora contam com álcool gel para os funcionários.

À CNN, o presidente da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Roberto Cortes, falou sobre as medidas que a empresa adotou para voltar aos trabalhos. "O trabalhador que está esperando o transporte que é feito pela nossa empresa já tem a temperatura medida, tem a máscara e senta na janela sozinho e com vidros abertos", informou. "Ao chegar na fábrica, eles também são checados e vão para higienização", acrescentou.

Leia também:
Estaremos alinhados com o governo para a reabertura, diz CEO da Volkswagen
COVID-19 motiva ‘choque de eficiência’ na logística do Brasil

Além disso, o momento do café da manhã também teve alteração e não é mais servido no refeitório, mas distribuído em kits individuais para os funcionários. "Para que cada um tome seu café separadamente", explicou. 

Segundo o Ministério da Saúde, 474 novas mortes foram confirmadas nas últimas 24 horas, totalizando 5.017 no país até terça-feira (28). É a maior elevação diária do registro de mortes para um único dia.