Ibovespa sobe 4,7% com expectativa de vacina e petróleo em alta

Uma vacina experimental contra o Covid-19 da Moderna mostrou-se promissora e animou os mercados

Do CNN Business*
18 de maio de 2020 às 10:12 | Atualizado 18 de maio de 2020 às 17:41
Funcionário caminha pelos corredores da B3
Foto: Leonardo Benassatto/Reuters

O Ibovespa encerrou o pregão desta segunda-feira (18) em forte alta e de volta à marca dos 81 mil pontos, na esteira do bom humor dos investidores no exterior. O principal índice da bolsa de valores brasileira subiu 4,69% e fechou a 81.194,29 pontos. Na semana passada, o Ibovespa acumulou queda de mais de 3%, com forte volatilidade.

Os principais mercados globais tiveram um dia de fortes ganhos com a notícia de resultados promissores para uma possível vacina contra a Covid-19. No radar, estava a notícia de que uma vacina experimental contra o vírus da farmacêutica Moderna mostrou-se eficaz nos primeiros estudos em estágio inicial.

A alta de commodities também reforçou os ganhos do Ibovespa. O petróleo do tipo Brent, referência internacional, tocou as máximas em um mês depois de um dos piores choques de preços das últimas décadas. Cortes de oferta promovidos por importantes produtores e um otimismo com a reabertura de diversas economias após passarem o pico de infecções ajudaram na recuperação.

"Os ativos de risco estão abrindo a semana em tom de otimismo, na ausência de notícias relevantes no final de semana", disse o estrategista Dan Kawa, da TAG Investimento, destacando entrevista de Jerome Powell, o chairman do Federal Reserve (Fed), o banco central norte-americano.

Em entrevista à TV americana, Powell reiterou ter munição para eventuais novas rodadas da crise e afirmou que os dados mais importantes para a economia dos EUA no momento são as "métricas médicas" sobre a pandemia.

Lá fora

Nos Estados Unidos, o ânimo em relação à perspectiva de vacina e de mais estímulos econômicos ajudou o S&P 500 fechar na maior pontuação das últimas 10 semanas. O Dow Jones subiu 3,8%, o S&P 500 valorizou 3,15% e o Nasdaq cresceu 2,44%.

Já as bolsas europeias tiveram seu melhor dia em quase oito semanas, com os setores como mineração, petróleo e gás e até de viagens e lazer disparando diante do alívio das restrições. O índice FTSEurofirst 300 subiu 4,02%, a 1.335 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 4,07%, a 342 pontos.

*Com informações da Reuters