Centauro fará oferta de ações e pode movimentar quase R$ 1 bi

Companhia ofertará cerca de 25 milhões de ações para captar recursos para aquisições, e é a primeira empresa a anunciar oferta na pandemia

Reuters
26 de maio de 2020 às 14:33

Vista de cerimônia de estreia de negociação de ações na B3 (22/12/2017)

Foto: REUTERS/Paulo Whitaker

A dona da rede de lojas de artigos esportivos Centauro informou nesta terça-feira que fará uma oferta primária restrita de cerca de 25 milhões de ações para captar recursos para aquisições.

Com base no preço de fechamento das ações na segunda-feira, a oferta pode movimentar até R$ 928,8 milhões, incluindo parcelas totais de até 8,75 milhões de ações.

O Grupo SBF, como a empresa é formalmente conhecida, disse que a operação será precificada em 4 de junho.

BTG Pactual, Itaú BBA e Santander Brasil são os coordenadores da oferta.

A Centauro é a primeira empresa a anunciar uma oferta de ações em meio à pandemia do coronavírus no Brasil.

A operadora de estacionamento Estapar, que havia pedido registro para uma oferta inicial de ações e março, foi a única de um grupo de cerca de 30 empresas que levou adiante seu planos de listagem na Bovespa, fazendo sua estreia no dia 15.

(Reportagem de Carolina Mandl e Aluísio Alves)