Boeing demite 6.700 funcionários nos EUA; outros 5.520 saem voluntariamente

A empresa anunciou em abril que cortaria 10% de sua força de trabalho de 160 mil pessoas em todo o mundo este ano

Reuters
27 de maio de 2020 às 14:14

Logotipo da Boeing na frente de prédio da companhia em Washington. 21/1/2020.

Foto: REUTERS/Lindsey Wasson

A Boeing disse nesta quarta-feira que notificará 6.770 funcionários nos Estados Unidos de que estão sendo demitidos, com "milhares de demissões restantes" planejadas para os próximos meses, disse o presidente-executivo Dave Calhoun aos empregados por e-mail.

A empresa anunciou em abril que cortaria 10% de sua força de trabalho de 160 mil pessoas em todo o mundo este ano. A Boeing também disse que aprovou demissões voluntárias de 5.520 funcionários dos EUA. A maior fabricante de aviões dos EUA está se movimentando para cortar custos, pois enfrenta uma queda na demanda por aeronaves devido à pandemia de coronavírus.

(Por David Shepardson)