BNDES vai oferecer linha de crédito para fornecedores de grandes empresas


Reuters
05 de junho de 2020 às 16:54
BNDES
Foto: REUTERS/Sergio Moraes

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta sexta-feira que vai oferecer uma linha de crédito de R$ 2 bilhões para fornecedores de grandes empresas que têm encontrado dificuldades em meio aos impactos da pandemia de Covid-19.

Neste desenho, a empresa grande é responsável pela captação do empréstimo junto ao BNDES, passando a ter recursos para financiar seus fornecedores. Experiências similares a essa nova linha, ocorreram no passado com redes de varejo como Lojas Renner e Boticário. A nova linha é válida para todos os setores econômicos que têm empresas "âncora" e cadeia produtiva vinculada, informou o banco.

A linha agora terá uma carência de 24 meses e prazo para amortização de 60 meses e o tomador tem que ter faturamento superior a R$ 300 milhões por ano. O limite de crédito por tomador será de R$ 10 milhões a R$ 200 milhões.

O BNDES já tem outras iniciativas para apoiar empresas atingidas pela pandemia. O banco criou uma linha de capital de giro de R$ 5 bilhões voltada para micro, pequenas e médias empresas que já teve contratações de mais R$ 3,2 bilhões.

Por outro lado, o programa de financiamento da folha de pagamento das empresas, com dotação orçamentária de R$ 40 bilhões, teve baixa adesão, com aprovações de apenas R$ 2,1 bilhões até agora.

O banco também criou um programa de suspensão de pagamentos de empréstimos por até 6 meses e até agora a adesão atinge R$ 9,4 bilhões.

(Por Rodrigo Viga Gaier)