Pepsico e Mars mudam rótulos e nomes de produtos com conotação racista

Morte de George Floyd e a consequente onda de protestos mostraram que os consumidores estão mais atuantes e vigilantes sobre o tema

Fernando Nakagawa
Por Fernando Nakagawa, CNN  
19 de junho de 2020 às 07:12 | Atualizado 19 de junho de 2020 às 07:24
Abertura de Mercado é um podcast diário com as principais notícias econômicas
Foto: CNN Brasil

A Mars, dona da Uncle Bens, referência no mercado de arroz, e a Pepsico, que possui rótulo de xaropes e misturas para panquecas chamado Aunt Jemima, anunciaram que devem reformular os produtos.

No episódio de hoje:

- Após anunciar que o Brasil vai ser o primeiro país do mundo a ter o seu novo sistema de pagamentos, o WhatsApp chamou atenção de BC e Cade;
- Os órgãos solicitaram informações sobre o modelo de negócio, como mostra reportagem do jornal Valor Econômico;
- Há ainda o temor de que serviços tipicamente bancários comecem a ser oferecido por companhias de tecnologia, como na China;
- Lá, apps como WeChat e AliPay dominam o setor. Aqui, com 120 de usuários o WhatsApp supera qualquer banco em números;
- A agência de classificação de risco Moody’s avalia que a nova plataforma de pegamentos é negativa para os grandes bancos;
- Isso porque acirra a competição no mercado de pagamentos e pode prejudicar as maquininhas;
- O dólar subiu 2,1% na quinta (18) e fechou a R$ 5,35, sétimo dia de alta consecutivo;
- Cenário político conturbado e a possibilidade de novo corte na Selic afetaram o câmbio;
- Essa possível mudança na taxa de juro, ao contrário, ajudou a Bolsa, que subiu 0,60% para 96 mil pontos;
- Empresa alemã de pagamentos se envolveu em escândalo bilionário;
- Auditores perceberam que faltava € 1,9 bilhão no caixa da Wirecard, que tem sede em Munique;
- O dinheiro sumiu e os auditores se recusaram a aprovar as contas. Segundo reportagem do Financial Times, executivos teriam inflado vendas e lucros de filiais para enganar auditores e investidores;
- As ações da empresa caíram mais de 60% no pregão de quinta;
- Duas marcas tradicionais do Estados Unidos decidiram mudar rótulos e nomes por causa da origem com conotação racista;
- Uncle Bens, produtora de arroz, e a Pepsico, dona da marca Aunt Jemima, fizeram adaptações aos seus produtos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook