Bancos passaram no 'teste' da pandemia, diz presidente da Febraban

Segundo Isaac Sidney, presidente da Federação Brasileira de Bancos, as instituições foram submetidas a uma "prova de bala" e, mais uma vez, estão "sólidas"

Da CNN, em São Paulo
23 de junho de 2020 às 22:49 | Atualizado 23 de junho de 2020 às 22:54

O presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Isaac Sidney, disse em entrevista à CNN nesta terça-feira (23) que os bancos foram submetidos a uma "prova de bala" nessa crise do novo coronavírus, e que "passaram no teste". "Mais uma vez os bancos estão sólidos e saudáveis. Estamos ajudando o país, as pessoas e as empresas nessa travessia difícil", afirmou.

Segundo Sidney, o que a federação deseja é "dar a segurança para as pessoas de que suas finanças, economias, recursos e dinheiro estão guardados", além de "prover" crédito tanto para as pessoas como para as empresas que precisam.

Leia também:

Bancos protegeram liquidez por Covid-19 e se prepararam para retomada

Transações por celular avançam durante pandemia, diz pesquisa da Febraban

Questionado sobre o que os principais bancos do país farão no pós-pandemia, Sidney foi claro. "Vamos continuar fazendo aquilo que sempre fizemos, dando segurança para que os recursos das pessoas sejam guardados, dando tranquilidade a elas. O pós-pandemia virá e estamos conversando com cada um de nossos clientes, fornecendo a cada um deles canais digitais", disse.

Hoje, representantes dos principais bancos do Brasil começaram a debater os impactos da pandemia do novo coronavírus na economia na 30ª edição do Ciab (Congresso de Tecnologia do Setor Financeiro) organizado pela Febraban.

(Edição: André Rigue)