Índices asiáticos acompanham Wall Street e sobem com ajuda de bancos

As instituições financeiras lideraram o rali após decisão de reguladores dos Estados Unido de aliviar algumas regras

Da Reuters
26 de junho de 2020 às 07:58 | Atualizado 26 de junho de 2020 às 07:58

Foto: Issei Kato/Reuters

O mercado acionário japonês se recuperou nesta sexta-feira (26), acompanhando os ganhos em Wall Street, com os bancos liderando o rali após a decisão de reguladores dos Estados Unido de aliviar algumas regras.

O índice Nikkei subiu 1,1%, a 22.512,08 pontos, recuperando-se da mínima de fechamento de uma semana e meia atingida na sessão anterior. Na semana, o índice registrou ganho de 0,1%.

Os principais índices de Wall Street fecharam em alta na quinta-feira (25), com as ações de bancos avançando depois que os reguladores bancários do EUA apresentaram novas regras que facilitará a vida para grandes bancos com negociações carteiras de investimentos complexas.

Com isso, as ações de bancos listados em Tóquio também avançaram, com Mitsubishi UFJ Financial Group (MUFG) Inc, Sumitomo Mitsui Financial Group (SMFG) Inc e Mizuho Financial Group Inc subindo entre 1,3% e 1,7%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,13%, a 22.512 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,93%, a 24.549 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC permaneceu fechado.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, não teve operações.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,05%, a 2.134 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX não operou.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,55%, a 2.604 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,49%, a 5.904 pontos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook