IRB Brasil RE lucra R$ 13,8 milhões no 1º trimestre e avalia aumento de capital


Tatiana Bautzer e Paula Arend Laier, da Reuters
30 de junho de 2020 às 10:52
IRB

 

Foto: Reprodução/Instagram

O IRB Brasil RE teve lucro líquido consolidado de R$ 13,87 milhões no primeiro trimeste, um tombo de mais de 90% ante o mesmo período do ano anterior, que já foi ajustado para corrigir exigências de provisões maiores solicitadas.

A resseguradora revisou seu resultado dos três primeiros meses de 2019 em 49% para baixo, para R$ 178 milhões.

O companhia reportou nessa madrugada que encontrou irregularidades contábeis e que enviaria as conclusões de uma investigação sobre elas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Leia também:
Justiça manda IRB Brasil mostrar que tem R$1 bi para ressarcir acionistas
Buffett nega investimento e IRB enfrenta desconfiança do mercado

Na semana passada, a empresa comunicou que encontrou irregularidades no pagamento de supostos bônus a ex-diretor e outros colaboradores da resseguradora e suas controladas, além de problemas na disseminação de informações sobre sua base acionária..

O IRB também comunicou que seu conselho de administração aprovou a contratação de Bradesco BBI e Itaú BBA para estruturar potencial aumento de capital para cumprir as disposições mais altas solicitadas pela reguladora de seguros Susep.

Clique aqui e siga a página do CNN Brasil Business no Facebook