Aquisição da Cognitec foi a realização de um sonho, diz fundadora do Nubank


Thais Herédia
Por Thais Herédia, CNN  
23 de julho de 2020 às 19:59 | Atualizado 24 de julho de 2020 às 11:01
Cristina Junqueira, co-fundadora do Nubank

Cristina Junqueira, co-fundadora do Nubank: "Imagina se alguém compra a Cognitec e não tivéssemos mais acesso a tecnologia deles?"

Foto: Divulgação

A compra da empresa de tecnologia Cognitect pelo banco digital Nubank foi a realização de um sonho. Essa é a opinião de Cristina Junqueira, uma das fundadoras da fintech. Em entrevista exclusiva à coluna, ela contou que desde que começaram o projeto do Nubank, em 2013, os sócios olhavam para a companhia americana com admiração e respeito. 

“Desde que começamos lá na casinha, olhávamos para a Cognitect e pensava: imagina se um dia a gente conseguir conhecer o fundador Rich Hickey. Porque eles são o que existe de mais moderno no mundo da linguagem de programação funcional. Até pouco tempo atrás eles eram uma lenda para nós”, conta Cristina Junqueira. 

Leia também:
Como a venda da Oi para a Highline pode mudar o setor de telefonia e suas ações
Eneva diz que fará nova proposta por AES Tietê se tiver apoio do BNDES

O Nubank, com 25 milhoes de clientes e escritórios em quatro países, é o maior usuário em escala da tecnologia desenvolvida pela Cognitect. O crescimento do banco digital alertou os fundadores para o risco da empresa americana ser comprada por alguém no mercado internacional e eles ficarem sem acesso ao software. Foi este receio que incentivou a aproximação entre eles. 

“Imagina se alguém compra a Cognitect e não temos mais acesso a essa tecnologia? Por isso começamos a nos aproximar e agora estamos muito felizes. A reação da nossa equipe foi muito bacana. Nós estamos trazendo para dentro de casa a equipe mais talentosa em linguagem de programação funcional do mercado”, conta a exectuviva do Nubank. 

Segundo Junqueira, não há uma previsão de expansão dos negócios em função da compra da empresa americana. A briga vai se dar em outro terreno. 

“Essa operação expande o nível de talento que conseguimos atrair. Os melhores programadores do mundo que trabalham com essa tecnologia querem trabalhar com a equipe da Cognitect. Isso eleva a barra por competição de talento num mercado que é globa. Isso muda completamente o jogo”, analisa Cristina Junqueira.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook