A pedido de Guedes, Novaes deve assumir assessoria especial da Economia no Rio

Segundo aliados do ministro da Economia, presidente do BB teria feito apelo para que lhe desse um presente de aniversário --Novaes completa 75 anos em agosto

Thais Arbex
Renata Agostini
24 de julho de 2020 às 21:22 | Atualizado 24 de julho de 2020 às 21:56
O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, pede renúncia do cargo que ocupava desde janeiro de 2019
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Depois de entregar o cargo nesta sexta-feira (24), o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, deve assumir o posto de assessor especial do Ministério da Economia no Rio de Janeiro. Segundo relatos feitos à CNN, o ministro Paulo Guedes pediu que Novaes “continuasse no time” da pasta. 

O pedido de Novaes a Guedes para deixar o cargo foi feito no início do mês. De acordo com aliados do ministro da Economia, o presidente do BB teria feito um apelo para que Guedes lhe desse um presente de aniversário --Novaes completa 75 anos no próximo 22 de agosto.

Leia também:

Bastidores da saída de Novaes do BB: cansaço, resistência interna e inquérito

Presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes pede renúncia do cargo ao governo

O agora ex-presidente do BB vinha demonstrando incômodo com a demora na privatização do banco e, longe da família, dizia não ver mais sentido em permanecer em Brasília. A avaliação de Novaes é a de que a instituição já está madura para deixar de ser estatal.