A saída de Novaes do BB já movimenta os bastidores para quem vai assumir o cargo

Um nome forte e já comentado internamente é o de Carlos Motta, vice-presidente de varejo do Banco do Brasil

Kenzô Machida, da CNN, em Brasília
24 de julho de 2020 às 23:39
Banco do Brasil, Rubem Novaes deixará presidência do BB
Foto: Amanda Perobelli/Reuters

Rubem Novaes nem bem anunciou sua renúncia à Presidência do Banco do Brasil e as disputas pelo cargo já movimentam os bastidores de Brasília. A saída do presidente do banco já era de conhecimento do alto escalão, mas pegou os funcionários de surpresa. 

Leia também:
Bastidores da saída de Novaes do BB: cansaço, resistência interna e inquérito

Banco do Brasil precisa continuar com gestão pró-mercado, dizem analistas

Internamente a saída teve um tom muito mais de comemoração do que de lamento. Rubem sempre foi um defensor da privatização do Banco do Brasil e isso sempre incomodou funcionários de carreira. 

Um nome forte e já comentado internamente é o de Carlos Motta, vice-presidente de varejo do Banco do Brasil. Motta é funcionário de carreira do banco e já foi superintendente na Bahia. 

Entre os atuais vice-presidentes, outro nome que surge é o de Walter Malieni, considerado um dos mais experientes e que, segundo fontes do Banco do Brasil, conhece de fato a instituição. Malieni é visto como um gestor muito técnico e com ótimo trânsito no mundo corporativo.

Carlos Hamilton é outro nome de fora da instituição, mas que já foi vice-presidente em gestões anteriores e voltou recentemente. É bem próximo de Rubem Novaes e da equipe econômica.