IBGE adia divulgação da Pnad Contínua do trimestre até junho para 6 de agosto

A divulgação dos dados, entre eles taxa de desemprego e contingente de desempregados, estava marcada originalmente para o dia 29 de julho

Reuters
28 de julho de 2020 às 09:59
Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).
Foto: Amanda Perobelli - 29.mar.2019/Reuters

O IBGE adiou para 6 de agosto a divulgação da pesquisa Pnad Contínua sobre o mercado de trabalho no Brasil para o trimestre encerrado em junho, em meio a mudanças na coleta dos dados devido à pandemia de coronavírus.

A divulgação dos dados, entre eles taxa de desemprego e contingente de desempregados, estava marcada originalmente para o dia 29 de julho. A pesquisa vem sendo realizada por telefone desde 17 de março.

Leia também:
Pela primeira vez, mais da metade dos brasileiros não têm trabalho, diz IBGE
Desemprego atinge 12,4 milhões e sobe para 13,1% na 4ª semana de junho, diz IBGE

"O desenho da amostra da pesquisa introduz a cada mês um número de domicílios que nunca foram visitados anteriormente, portanto, os números de telefones destes domicílios não foram levantados pelo IBGE. Como as visitas domiciliares foram suspensas desde março, tem sido um desafio realizar a coleta por telefone em todos os domicílios seguindo o cronograma original", explicou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em nota.

O IBGE afirmou ainda que segue estudando alternativas para a manutenção do cronograma de divulgação da Pnad Contínua.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook