Fecomercio aponta que mais de 46% dos empresários devem buscar crédito no RJ

O setor de bares e restaurantes foi um do mais afetados

Da CNN
11 de agosto de 2020 às 13:16

De acordo com o levantamento do Instituto Fecomercio de Pesquisas e Análises (IFec/RJ), feito com 626 empresários do estado do Rio de Janeiro, 46,2% dos empresários do setor devem buscar algum tipo de crédito após a crise provocada pelo novo coronavírus. O setor de bares e restaurantes foi um dos mais afetados no estado.

Diante do percentual de empresários que não tinham a intenção de procurar por crédito, o IFec/RJ procurou entender os motivos pelos quais não pretendem tomar essa decisão. Para 23,3% dos consultados, não faz sentido tomar dinheiro emprestado se não tem confiança que vão sobreviver à crise. 

Leia também:

Copom: se necessários, novos cortes de juros devem ser mais espaçados

Vacina russa gera euforia nas bolsas europeias; ações nos EUA perto de recorde

Outros 14,6% precisam do crédito, mas estão inadimplentes; e 11,9% disseram precisar, mas que não gostam de tomar dinheiro emprestado. Cerca de 9,6% necessitam, mas acreditam que as taxas de juros são altas; e 9,1% vêem excesso de burocracia para tomada de empréstimo. Apenas 27,4% dos pesquisados que não vão tomar crédito informaram não precisar de crédito, uma vez que suas empresas estão financeiramente saudáveis.

(Edição: Leonardo Lellis)