Ações da Tesla disparam 8% com anúncio para atrair pequenos investidores

Montadora de carros elétricos de Elon Musk decidiu descobrar a sua ação de uma para cinco; Apple teve iniciativa semelhante em julho

Do CNN Brasil Business, em São Paulo
12 de agosto de 2020 às 11:58 | Atualizado 12 de agosto de 2020 às 12:03

Logo da empresa automotiva norte-americana Tesla, comandada por Elon Musk: a mais valiosa em carros elétricos
Foto: Mike Blake/Reuters

A Tesla, montadora de carros elétricos do visionário empreendedor Elon Musk, anunciou na terça-feira (11) um desdobramento de suas ações de uma para cinco, impulsionando os papéis da montadora para uma alta de 7% nas negociações pós-fechamento.

As ações da Tesla, que eram negociadas a US$ 1.475 após o anúncio, estão entre as de valor unitário mais alto em Wall Street. A empresa disse em um comunicado ao mercado que estava procurando tornar suas ações mais acessíveis a funcionários e investidores.

Investidores estão reagindo positivamente à notícia: as ações estão subindo mais de 8% nesta manhã de quarta-feira (12) na Nasdaq.

Leia também:
XP, PagSeguro, Stone: agora é possível investir em empresa brasileira lá fora
Montadora chinesa do Alibaba e da Xiaomi quer desafiar domínio da Tesla
Elon Musk faz apelo à Vale: 'produzam mais níquel' para as baterias da Tesla

As ações da Tesla subiram mais de 200% este ano, enquanto as ações de montadoras tradicionais como General Motors e Ford Motor caíram com as consequências da pandemia do novo coronavírus.

A Tesla informou que os acionistas registrados até 21 de agosto vão receber quatro ações adicionais após o fechamento do pregão de 28 de agosto, com as ações sendo negociadas em uma base ajustada pelo desdobramento. Isso vai começar em 31 de agosto.

A iniciativa da Tesla não é novidade no mercado. A Apple anunciou no final de julho o seu primeiro desdobramento desde 2014, de uma para quatro ações.

Embora muitos investidores institucionais (como fundos e bancos) tenham evitado as ações da Tesla nos últimos anos devido à recorrente falta de lucros, a empresa tem muitas pessoas físicas na base de investidores.

Nos últimos 30 dias, a Tesla ficou atrás apenas da Apple como a ação mais popular no aplicativo de negociação Robinhood, de acordo com o Robintrack, um site que monitora as operações do aplicativo.

O desdobramento das ações da Tesla não deve afetar a decisão potencial da S&P Dow Jones de adicionar a empresa ao S&P 500, que é ponderado pelos valores gerais do mercado de ações das empresas. O S&P 500 é o mais abrangente índice de ações dos Estados Unidos.

(Com Reuters)

(Edição: Marcelo Sakate)

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook