Vendas da Hering caem 69% nas lojas, mas crescem 165% no online

Receita líquida da companhia teve queda de 67% no 2º trimestre, mas lucro teve salto de 212% com resultado financeiro

Alberto Alerigi Jr., da Reuters
13 de agosto de 2020 às 21:16

Lojas da Hering foram prejudicadas por fechamento durante a quarentena

Foto: Divulgação

Um salto no resultado financeiro da Cia Hering (HGTX3) ajudou a companhia a registrar alta de 212% no lucro líquido do segundo trimestre frente o mesmo período do ano passado, enquanto o desempenho operacional da rede de varejo de moda foi impactado pelas medidas de isolamento social contra a epidemia de Covid-19.

A companhia teve lucro líquido de R$ 126,85 milhões de abril ao fim de junho ante resultado positivo um ano antes de R$ 40,68 milhões, informou o grupo nesta quinta-feira.

Leia também:
B2W tem venda acelerada em julho e agosto e prejuízo cai no 2º tri

O avanço ocorreu com um desempenho positivo de R$ 113,1 milhões no resultado financeiro, dez vezes maior que o registrado no segundo trimestre do ano passado.

Enquanto isso, a receita líquida da Cia Hering teve queda de 67%, para R$ 118,8 milhões, em meio a um tombo de 69,4% nas vendas mesmas lojas.

A companhia apurou lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de R$ 73,36 milhões, crescimento de 59% no comparativo anual. Em termos ajustados, o Ebitda foi negativo em R$ 41,4 milhões.

A Cia Hering terminou junho com caixa líquido de R$ 314,5 milhões, depois de ter captado no primeiro trimestre empréstimo de R$ 120 milhões e outro de R$ 80 milhões em abril.

O ponto positivo no balanço foram as vendas online, que tiveram salto de 165% no período, para cerca de R$ 40 milhões, informou a companhia no balanço.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook