Paulo Guedes segue alvo de críticas dentro do governo

"Intransigente" e "falta de cancha política" são algumas das expressões relacionadas ao ministro da Economia nos bastidores

Da CNN, em São Paulo
19 de agosto de 2020 às 16:54 | Atualizado 19 de agosto de 2020 às 16:59

O ministro da Economia, Paulo Guedes, segue alvo de críticas dentro do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo informações da âncora da CNN Daniela Lima.

Apesar das palavras de apoio de Bolsonaro, o que deputados, senadores e militares dizem nos bastidores é que o futuro do ministro depende da eficácia do Renda Brasil – plano que está sendo formulado pela equipe econômica para substituir o Bolsa Família e o auxílio emergencial. 

Uma ala vai além e diz que, depois de apresentar o projeto do Renda Brasil, Guedes se tornará alvo de um forte “ataque especulativo”.

Assista e leia também:

Bolsonaro: 'Saída de Guedes nunca foi cogitada'

Carlos da Costa diz que Guedes continua 'muito firme' no cargo

Barros: Congresso votará reforma tributária mesmo sem novas propostas de Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, durante palestra no Distrito Federal
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil (12.fev.2020)

Já os que querem mudar o rumo da política econômica vão tentar ganhar espaço, dando mais atenção a investimentos e obras, de olho na reeleição de Bolsonaro em 2022.

Apurações da analista de política da CNN Renata Agostini mostram que o "ataque especulativo" tem data para acontecer.

"Intransigente" e "falta de cancha política" são algumas das expressões relacionadas a Guedes nos bastidores.

Há ainda a ideia, dentro do Palácio do Planalto, de que seria possível adequar o projeto liberal do ministro ao desejo de Bolsonaro e líderes do Centrão para realizar obras públicas, por exemplo.