iPhone para sempre? Itaú lança financiamento sem juros para troca de celular


Do CNN Brasil Business, em São Paulo
20 de agosto de 2020 às 13:35 | Atualizado 20 de agosto de 2020 às 14:18
mulher segura iphone 11

Uma mulher segura seu iPhone 11 Pro Max: Itaú lança programa de financiamento 'eterno'

Foto: Jason Lee/Reuters

Os smartphones estão tendo lançamentos cada vez mais rápidos e muitas vezes nem sempre é possível acompanhar todas as atualizações. O preço, aliás, é o principal impeditivo. Mas o Itaú lançou um programa para os seus clientes interessados em ter o melhor iPhone possível. O nome do programa é sugestivo: “iPhone para sempre”.

O financiamento funcionará de uma maneira que foge do convencional. Enquanto, normalmente, as varejistas parcelam a compra em até 12 vezes, o Itaú oferece uma possibilidade de 21 parcelas, com preços a partir de R$ 140,91. O diferencial, no entanto, ocorre ao fim dos pagamentos.

Leia também:
Apple atinge nova marca histórica, com valor de mercado de US$ 2 trilhões
Itaú abre inscrição para trainee com salário de R$ 7 mil e plano de previdência

Depois dos 21 meses, o cliente terá quitado cerca de 70%, dependendo do modelo escolhido, e aí ele terá três opções: permanecer com o aparelho e quitar, em uma única parcela, os 30% restantes; devolver o aparelho e sair do programa; ou trocar o produto por uma versão mais moderna e abrir um novo ciclo de financiamento – sem precisar pagar os 30% restantes.

O pagamento das parcelas, segundo o banco, é sem cobrança de juro.

Por enquanto, os modelos disponívels são o iPhone 11, iPhone 11 Pro, iPhone XR e o iPhone SE, o mais recente da Apple e que foi lançado para ser um smartphone de entrada.

“Estamos tornando mais fácil para que mais clientes do Itaú possam desfrutar da experiência de alta qualidade do iPhone - e oferecendo a opção de atualizar para um novo modelo regularmente”, afirma Rubens Fogli, diretor de negócios digitais do Itaú Unibanco.

Para ter acesso ao programa, o interessado precisa ter conta no Itaú e ir até a aba “Serviços” dentro do aplicativo do banco.

Clique aqui e siga o perfil do CNN Brasil Business no Facebook

0