Índices da China têm dia de baixa com papéis novatos sofrendo grandes quedas

O ChiNext, que passou a listar 18 novas empresas no início da semana, recuou 2,1%

Da Reuters
26 de agosto de 2020 às 07:49

Foto: Bobby Yip/Chinext/Reuters

O mercado acionário da China fechou em baixa nesta quarta-feira (26), pressionado pela fraqueza no índice de startups ChiNext depois que investidores realizaram lucros após duas sessões seguidas de fortes ganhos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,17%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,3%. O ChiNext recuou 2,1%, enquanto o índice STAR50 teve perdas de 3,1%.

Leia também:
Por que a Ant, fintech do Alibaba, deve ter o maior IPO da história?
SpaceX, de Elon Musk, é agora um "unicórnio" de US$ 46 bilhões

Entre as 18 empresas que estrearam no ChiNext na segunda-feira, como parte de uma reforma histórica que aliviou exigências para listagem e regras de negociações da bolsa de Shenzhen, 14 apresentaram grandes perdas.

A Ningbo KBE Electrical Technology Co Ltd teve o pior desempenho ao perder 20,5%. Entre outros pesos sobre o índice estavam AnHui Jinchun Nonwoven Co Ltd, que caiu 17,9%, e Contec Medical Systems Co Ltd, com queda de 17,4%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,03%, a 23.290 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,02%, a 25.491 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,30%, a 3.329 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,17%, a 4.706 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,11%, a 2.369 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,59%, a 12.833 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,66%, a 2.542 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,73%, a 6.116 pontos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook