Mastercard desenvolve plataforma para bancos centrais testarem moedas virtuais

A plataforma permite a simulação de emissão, distribuição e câmbio de moedas digitais entre bancos, provedores de serviços financeiros e consumidores

Huw Jones, da Reuters
09 de setembro de 2020 às 11:58
Cartão da Mastercard: empresa passou a desenvolver plataforma para que bancos centrais testassem moedas digitais 
Foto: Thomas White/Reuters

A Mastercard está criando uma plataforma para ajudar os bancos centrais a testar "virtualmente" como as moedas digitais podem ser desenvolvidas e usadas, disse a empresa de pagamentos nesta quarta-feira.

A stablecoin libra, do Facebook, levou os bancos centrais a avaliar se poderiam lançar versões digitais de suas moedas.

Leia também:
PIX, novo meio de pagamento eletrônico, começa a funcionar em novembro no Brasil
Stone compra Linx por R$ 6 bi e inicia nova fase da 'guerra das maquininhas'
A 'guerra das maquininhas' acabou? Entenda para onde vai o mercado de pagamentos

"Esta nova plataforma apoia os bancos centrais enquanto eles tomam decisões agora e no futuro sobre o caminho a seguir para as economias locais e regionais", disse Raj Dhamodharan, vice-presidente de ativos digitais e produtos de blockchain da Mastercard, em comunicado.

A plataforma permite a simulação de emissão, distribuição e câmbio de moedas digitais entre bancos, provedores de serviços financeiros e consumidores, disse a Mastercard.

Os bancos centrais ainda estão nos estágios iniciais de análise de potenciais moedas digitais, com o Banco da Inglaterra solicitando na semana passada que regras globais sejam implementadas antes do lançamento de tais moedas.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook