Preços ao consumidor nos EUA permanecem em alta em agosto

Resultado divulgado hoje pelo Departamento do Trabalho dos Estados Undios veio em linha com o que era esperado por economistas

Lucia Mutikani, da ReutersR
11 de setembro de 2020 às 10:09

Consumidora em supermercado de Columbus, em Ohio, Estados Unidos

Foto: Reuters/Elijah Nouvelage

Os preços ao consumidor nos Estados Unidos subiram em agosto, mas a fraqueza do mercado de trabalho deve conter a inflação conforme a economia se recupera da recessão provocada pela Covid-19.

O Departamento do Trabalho informou nesta sexta-feira (11) que seu índice de preços ao consumidor avançou 0,4% no mês passado. O índice havia subido 0,6% em junho e julho, depois de cair nos três meses anteriores diante dos fechamentos de empresas para conter o coronavírus.

Leia também:
Serviços crescem 2,6% em julho, mas setor não recupera perdas da pandemia
Criação de vagas de trabalho nos EUA desacelera; desemprego vai a 8,4% em agosto

Nos 12 meses até agosto, os preços ao consumidor subiram 1,3%, de alta de 1,0% em julho.

Economistas consultados pela Reuters esperavam avanço de 0,3% em agosto e queda de 1,2% na base anual.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook