Ibovespa sobe e retoma os 100 mil pontos, mesmo com mau humor externo

Principal índice da bolsa brasileira foi puxado pelas ações da Petrobras e da Vale nesta quinta-feira (17)

Do CNN Brasil Business, em São Paulo*
17 de setembro de 2020 às 09:15 | Atualizado 17 de setembro de 2020 às 17:22
Chaiman do Federal Reserve, Jerome Powell: em Wall Street, o Nasdaq caiu 1,48%. O S&P recuou 0,84% e o Dow Jones teve queda de 0,47%
Foto: Kevin Lamarque/Reuters

O Ibovespa subiu, nesta quinta-feira (17), puxado por Vale e Petrobras e retomou o patamar de 100 mil pontos. As ações encerram o pregão em alta com os investidores animados com os dividendos da mineradora e com a melhora dos preços do petróleo no exterior.

Com isso, o principal índice da bolsa se descolou dos mercados no exterior que fecharam no negativo, com o rescaldo da decisão do banco central americano (Fed, na sigla em inglês). O Ibovespa avançavou 0,42%, para 100.097 pontos.

Entre os destaques, estão as ações da Ambev subiram mais de 5%, em meio a perspectivas de melhora nos volumes no terceiro trimestre.

Leia também:
Sem surpresas, BC mantém taxa de juros em 2% ao ano e interrompe ciclo de cortes
Fed decide manter taxa de juros nos Estados Unidos inalterada entre 0 e 0,25%

Já o dólar recuou 0,17% para R$ 5,2319. Na sessão anterior, a moeda americana caiu 0,91% para R$ 5,2406 na venda, atingindo o menor nível desde 31 de julho (R$ 5,2185).

Ficou no radar dos investidores do mercado brasileiro no cenário fiscal do país. Na véspera, o presidente Jair Bolsonaro autorizou o relator do Orçamento a incluir na proposta orçamentária de 2021 a criação de um programa social com a mesma função do Renda Brasil.

Lá fora

Os índices norte-americanos encerraram o dia em baixa com receio de que o Banco Central do país interrompa os estímulos à economia. 

Em Wall Street, o Nasdaq caiu 1,48%. O S&P recuou 0,84% e o Dow Jones teve queda de 0,47%.

No radar dos investidores norte-americanos estão os novos pedidos de auxílio-desemprego, que caíram na semana passada, mas permaneceram em níveis etremamente altos

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 860 mil em dado ajustado sazonalmente para a semana encerrada em 12 de setembro, contra 893 mil na semana anterior, disse o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira.

As ações da China fecharam mais fracas nesta quinta-feira, com as empresas de saúde e de consumo liderando as perdas em meio à pressão de venda após uma onda de novas listagens, enquanto a fraqueza nas empresas de suinocultura pressionou as ações agrícolas.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,53%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,41%.

*Com informações da Reuters

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook