Queremos participar do debate da reforma tributária, diz presidente da FNP

Em entrevista para a CNN, prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse que, sem o ISS, cidades deixarão de oferecer serviços

Da CNN, em São Paulo
17 de setembro de 2020 às 23:47

O debate da reforma tributária no Brasil ganhou nova proposta nesta semana após a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) apresentar ao Congresso Nacional sua própria proposta, a "Simplifica Já", que prevê a simplificação dos impostos federais e a unificação do ICMS para estados, e de ISS para municípios.

Em entrevista para a CNN, o presidente da FNP, o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse que a ideia da proposta é que o grupo entre na discussão que afeta diretamente a arrecadação dos municípios.

Leia também

Não há reforma tributária ampla sem os municípios, diz Bernard Appy

Maia diz que reforma tributária deve ser colocada em votação ainda em 2020

Bolsonaro cancela urgência da Reforma Tributária

Presidente da Frente Nacional de Prefeitos e prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), em entrevista para a CNN (17.set.2020)
Foto: CNN Brasil

“Nós queremos participar do debate, por isso apresentamos o “Simplifica Já”, feito em parceria com os secretários de Fazenda de diversas cidades. É uma proposta para desburocratizar a parte do pagamento de impostos sem tirar a prerrogativa de arrecadação dos municípios.”

Ele explica que o ISS vem sendo um imposto “visado” nas reformas tributárias por incidir sobre o setor de serviços, que, segundo Donizette, vem crescendo na economia atual.

“O ISS vem se mostrando um imposto promissor porque nossa economia está se voltando para o serviço, como o streaming. Se os municípios abrirem mão disso, vão deixar de oferecer mais saúde e educação.”

(Edição do texto: Paulo Toledo Piza).