Petrobras informa conclusão de oferta de recompra de títulos globais

O montante total pago a esses investidores foi de cerca de US$ 3,975 bilhões

Da Reuters
22 de setembro de 2020 às 09:35

Foto: Reuters/Diego Vara

A Petrobras informou que concluiu nesta terça-feira (22) uma oferta de recompra de títulos globais efetuada por sua subsidiária Petrobras Global Finance.

Em comunicado ao mercado, a companhia disse que o volume de principal validamente entregue pelos investidores na oferta, excluídos juros capitalizados e não pagos, foi de cerca de US$ 3,5 bilhões, com taxas de câmbio de 1,1828 dólar por euro e 1,2975 dólar por libra.

Leia também:
Petrobras inicia venda de unidade de fertilizante no Paraná
Ação da Petrobras pode subir 50% até 2021 com enorme geração de caixa, diz BTG

O montante total pago a esses investidores foi de cerca de US$ 3,975 bilhões, considerando os preços ofertados pela Petrobras e excluindo os juros capitalizados até a data de liquidação, conforme o caso, disse a companhia.

Os preços do petróleo subiam nesta terça-feira, à medida que analistas assumiam uma visão de que a adoção de novos "lockdowns" contra o coronavírus teriam um impacto apenas limitado sobre a demanda por combustíveis, o que levou os preços a reverterem parcialmente uma forte queda registrada na véspera.

Os mercados estavam nervosos com a demanda por combustível em países como o Reino Unido, onde o governo pedirá às pessoas que trabalhem de casa de novo e imporá novas restrições sobre bares e restaurantes.

"Uma vez que quaisquer novas restrições serão mais localizadas, a recuperação da demanda por petróleo ainda deve continuar, embora em um menor ritmo, uma vez que os ganhos de demanda mais fáceis já ficaram para trás", disse o analista Giovanni Staunovo, do UBS.

A queda dos preços na segunda-feira foi causada por preocupações com o aumento nos casos de coronavírus em importantes mercados.

"Perder 2 dólares por barril ontem foi uma queda bem profunda, então o mercado hoje está ajustando o impacto, indo para níveis de preços mais altos", disse o chefe de mercados de petróleo da Rystad Energy, Bjornar Tonhaugen.

Expectativas sobre o fim de um bloqueio à produção de petróleo da Líbia também derrubaram o mercado na segunda-feira, mas analistas apontam que é pouco provável que o país atinja rapidamente os níveis de oferta vistos antes de seus conflitos internos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook