Lojas Americanas vai emitir US$ 350 milhões em títulos de dívida

A entrada no mercado de dívidas tem por objetivo acessar uma nova fonte de recursos, com prazos maiores, alongando o perfil do endividamento da companhia"

Paula Arend Laier, da Reuters
23 de setembro de 2020 às 14:42

Fachaa de unidade da Lojas Americanas: empresa vai entrar no mercado internacional de dívida

Foto: Reuters/Sergio Moraes

O conselho de administração da Lojas Americanas aprovou nesta quarta-feira (23) emissão de US$ 350 milhões em títulos representativos de dívida (bonds), com prazo final de vencimento de 10 anos, segundo a ata da reunião divulgada junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os bonds, que serão emitidos pela subsidiária JSM Global S.à.r.l., com sede em Luxemburgo, são destinados exclusivamente à colocação no mercado internacional, junto a investidores institucionais qualificados.

Leia também:
Lojas Americanas capta R$ 7,8 bilhões em oferta de ações
Estamos convictos, diz diretora da Magalu sobre programa só com trainees negros

"A entrada no mercado internacional de dívida, após a construção de um histórico de mais de 15 anos no mercado local, tem por objetivo acessar uma nova fonte de recursos, com prazos maiores, alongando o perfil do endividamento da companhia", afirmou a Lojas Americanas no documento.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook