Fundador da imobiliária Fernandez Mera morre aos 77 anos de Covid-19

As informações foram confirmadas pela gerência de marketing da imobiliária

Estadão Conteúdo
28 de setembro de 2020 às 18:05 | Atualizado 28 de setembro de 2020 às 18:10
Fachada da Fernandez Mera: sócio fundador da empresa foi vítima do novo coronavírus
Foto: Fernandez Mera/Divulgação

Elbio Fernandez Mera, sócio-fundador da imobiliária Fernandez Mera, morreu aos 77 anos nesta segunda-feira, 28, após ter dado entrada no hospital Sírio Libanês há cerca de 20 dias por causa do novo coronavírus. As informações foram confirmadas pela gerência de marketing da imobiliária.

Fundada em 1983, a Fernandez Mera foi criada originalmente para vender imóveis residenciais de alto padrão. Ao longo dos anos, a imobiliária ampliou a atuação para outros segmentos do mercado. No início de 2010, Elbio passou a presidência para o filho Gonzalo Fernandez.

"Inesquecível a alegria dele de viver. Infelizmente perdemos um ser muito especial", disse o publicitário Pedro Cesarino, que está à frente da agência Publicidade Archote, especializada no ramo imobiliário.

Leia também:
Ações do setor imobiliário: cenário anima, mas foco deve estar no longo prazo
A vez dos IPOs: setor imobiliário tem enxurrada de pedidos em análise; entenda

O Secovi-SP divulgou uma nota lamentando a morte do "grande entusiasta" do mercado imobiliário.

"Descrever a contribuição deste entusiasta para o setor imobiliário é fácil. Basta lembrar de suas magníficas campanhas e iniciativas empreendedoras que fizeram nascer Tamboré, para citar apenas um exemplo. Também não é complicado recordar sua permanente contribuição ao Secovi-SP e à Fiabci-Brasil (Federação Internacional Imobiliária), com ideias como salão do imóvel, Prêmio Master, Rede Imobiliária, enfim, coisas que saíram de uma cabeça efervescente, incapaz de parar de criar."

"Difícil, porém, é colocar em palavras o significado desse grande ser humano para nós, como pessoas", disse o Secovi.

O velório será realizado nesta segunda, das 13h às 14h, no cemitério Memorial Parque Paulista. Haverá um revezamento de 10 em 10 pessoas.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook