Taycan elétrico é o Porsche mais vendido nos EUA – depois dos SUVs

Os EUA são o segundo maior mercado da Porsche no mundo depois da China. No ano passado, o país americano foi responsável por cerca de 22% das vendas globais

Peter Valdes-Dapena, do CNN Business
06 de outubro de 2020 às 15:53
Carro Porsche Taycan
Porsche Taycan: apenas modelos SUVs da Porsche venderam mais que o modelo Taycan
Foto: Divulgação/Porsche

O Porsche Taycan 100% elétrico se tornou o carro mais vendido da marca nos Estados Unidos no terceiro trimestre. Apenas os modelos SUVs da empresa, o Cayenne e o Macan, venderam mais.

A diferença nas vendas entre o Taycan e os SUVs era grande, já que os modelos Cayenne e Macan combinados responderam aproximadamente por dois terços dos cerca de 15,5 mil modelos da Porsche vendidos nos EUA no último trimestre. 

Leia também:
Ferrari F8 Spider: versão conversível da F8 Tributo, carro custará US$ 400 mil
Jac iEV20 e Renault Zoe: os preços dos carros elétricos mais baratos do Brasil
Tesla corta custos de baterias para carros elétricos e promete revolução

Mas a Porsche vendeu mais modelos Taycan nos Estados Unidos do que qualquer um dos outros quatro carros da marca. Um total de 1.858 Taycans foram vendidos entre julho e setembro, em comparação com 1.567 unidades do Porsche 911, o segundo modelo da montadora mais vendido. A empresa também vendeu 1.084 unidades do 718, uma designação de modelo que inclui o cupê Cayman e os esportivos conversíveis Boxster, e 1.064 sedãs Panamera de quatro portas.

Os Estados Unidos são o segundo maior mercado da Porsche no mundo depois da China. No ano passado, os EUA foram responsáveis por cerca de 22% das vendas globais da marca.

Um porta-voz da Porsche não disse se a supremacia do Taycan entre os modelos da Porsche deve continuar.

"O que vimos até agora é a demanda excedendo a oferta, o que é uma posição muito favorável", disse o porta-voz por e-mail. "Mas precisamos lembrar que as vendas de linhas de modelos individuais variam ao longo do ano, e um trimestre é apenas uma amostra momentânea".

O Taycan, um esportivo de quatro portas totalmente elétrico com preço inicial de US$ 104 mil, entrou em produção em setembro de 2019 em uma nova fábrica perto da sede da Porsche em Stuttgart, na Alemanha.

A Tesla não divulga as vendas de seus modelos elétricos individuamente, mas a empresa relatou um total de 15,2 mil entregas de seu sedã Model S e do SUV Model X no mesmo trimestre. Esses dois modelos possuem boa parte da mesma engenharia e, em termos de preço e desempenho, são os modelos da Tesla mais próximos do Porsche Taycan.

"Isso realmente demonstrou que os clientes da Porsche que não querem um SUV realmente tiveram a coragem de buscar o melhor veículo, independentemente do trem de força, e escolheram de acordo", disse Lea Malloy, chefe de pesquisa e desenvolvimento da Cox Automotive.

O Taycan possui configurações impressionantes. A versão 4s de 552 hp pode ir de zero a 96 km/h em 3,8 segundos, de acordo com a Porsche. A versão topo de linha Taycan Turbo S, de US$ 185 mil, possui até 750 hp e pode ir de zero a 96 km/h em 2,6 segundos. A velocidade máxima é de 259 km/h. No topo da linha plug-in híbrido – com motor elétrico e a gasolina – está o Panamera Turbo S, que tem preços a partir de US$ 187,7 mil, mas um máximo de 677 hp de potência, quase 75 hp menos que o modelo 100% elétrico.

Esses preços são mais altos do que os do Model S da Tesla, que é mais espaçoso e também possui um baixo tempo de 0 a 96 km/h. A Porsche, por outro lado, tem orgulho do desempenho de direção mais agradável do Taycan.

Os números das vendas indicam, no entanto, que os clientes ainda preferem SUVs, disse Malloy. A Porsche está planejando um SUV elétrico baseado no Taycan, bem como um Macan SUV compacto 100% elétrico de última geração.

As vendas do Taycan nos Estados Unidos vêm aumentando a cada trimestre desde o lançamento do modelo no ano passado. No segundo trimestre, as vendas saltaram para 881, em comparação a apenas 221 unidades no primeiro trimestre. Junto com as vendas recordes do Taycan, a Porsche EUA alcançou seu primeiro trimestre de vendas positivas de 2020 em comparação com o ano anterior. Alguns analistas fazem a previsão de que as vendas totais de automóveis em 2020 sejam de cerca de 14 milhões de unidades, comparadas com os 17 milhões de 2019.

A Porsche faz parte do Grupo Volkswagen, que também oferece os SUVs elétricos Audi E-Tron e E-Tron Sportback, dos quais 2.296 foram vendidos no terceiro trimestre.

A Volkswagen lançou recentemente o Volkswagen ID.4, um SUV elétrico muito mais barato, destinado a competir com os SUVs a gasolina convencionais, como o Toyota Rav4 e o Honda CR-V.

(Texto traduzido, clique aqui para ler o original em inglês).

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook