Viriato, do Insper: Ficar milionário com day trade é como ganhar no cassino


Fernando Nakagawa
Por Fernando Nakagawa, CNN  
13 de outubro de 2020 às 05:00

As redes sociais têm vivido uma enxurrada de promessas de dinheiro fácil e rápido com operações de curtíssimo prazo na bolsa, o chamado day trade. O fenômeno acendeu a luz vermelha para profissionais experientes.

“Existe uma associação que podemos fazer com cassino. Você vai lá e apostou em determinado número e ganha. Com esse resultado, você pensa que pode ficar milionário fazendo isso. Mas tente fazer isso todo dia para ver o resultado”, diz o professor de finanças do Insper e sócio da Casa do Investidor, Michael Viriato.

Leia também:
Perfeito, da Necton: Com dólar a R$ 6 e piora fiscal, Selic pode subir no 1º tri
Bilyk, da Rio Bravo: Não siga todas dicas do seu assessor; ele não faz de graça
Calixto, do Santander: Diversifique para ganhar mais na renda fixa com juro a 2%

Viriato alertou sobre os riscos do day trade no novo episódio do Carteira Inteligente, o programa semanal da CNN sobre investimentos e finanças pessoais. Esse tipo de operação pressupõe lucrar em operações de compra e venda com curto intervalo entre elas – normalmente, dentro do mesmo dia.

“Estão vendendo o passado. Quando você olha ontem, você vê o que subiu e caiu e, assim, fica fácil ser rico. Mas e a partir de agora? O que vai subir ou cair?”, diz. 

“Por exigir operações muito rápidas, é muito difícil ganhar dinheiro todos os dias. Pouquíssimas pessoas conseguem ganhar e as que conseguem acabam perdendo pouco tempo à frente”.

O professor do Insper cita estudo produzido por pesquisadores da Fundação Getúlio Vargas que analisaram o comportamento de 20 mil investidores que realizavam operações de day trade no mercado brasileiro entre 2012 e 2017.

“Dessas 20 mil pessoas, só 13 pessoas conseguiram uma rentabilidade média diária acima de R$ 300 ou acima de R$ 6 mil por mês”, disse. 

Apesar dos alertas, o professor do Insper nota que esse fenômeno não deve tirar do radar do investidor que a bolsa de valores é uma operação de longo prazo.

“Se você faz uma análise fundamentalista, sobre os resultados e as perspectivas da empresa e do setor, é muito mais fácil e provável que você tenha um resultado positivo ao longo do tempo”, diz o Viriato. 

Ao contrário do “day trade” que pressupõe vender rapidamente, esse tipo de operação mencionada pelo professor do Insper de comprar uma ação e mantê-la por muito tempo é chamada de “buy and hold” – literalmente “comprar e manter”.

Clique aqui e siga o perfil do CNN Brasil Business no Facebook