Ações da China fecham em queda com preocupações sobre setor imobiliário


Da Reuters
14 de outubro de 2020 às 07:59
bolsa ásia

Setores imobiliário e agrícola pressionaram o mercado chinês

Foto: Kim Kyung-Hoon/Reuters

As ações da China fecharam em queda nesta quarta-feira (14), com as imobiliárias entre as maiores perdedoras devido à crescente pressão para que levantem dinheiro sob os novos limites de dívida do governo.

Enquanto isso, a realização de lucros nas ações agrícolas após recentes ganhos acentuados também pesou sobre o mercado. Com isso, o subíndice do setor agrícola recuou 1,4%, enquanto o setor de produtos básicos perdeu 0,83%.

Leia também:
Flexibilização de política fiscal pode afastar investidores, diz Campos Neto
Mercado eleva projeção de inflação para 2,47% em 2020; PIB se mantém estável

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,66%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,56%. Já o índice imobiliário caiu 1,21% e o subíndice de saúde cedeu 0,61%.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,07%, a 24.667 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,56%, a 3.340 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,66%, a 4.807 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,94%, a 2.380 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,21%, a 12.919 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,47%, a 2.555 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,27%, a 6.179 pontos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook