GE reduz prejuízo no 3º tri, vai cortar custos no setor de aviação

Empresa cortou custos em sua unidade de aviação e observou uma melhora na receita de seus negócios de energia

Da Reuters
28 de outubro de 2020 às 09:16
Empresa espera que seu caixa se mantenha positivo no ano que vem
Foto: Vincent Kessler/Reuters

A General Electric reportou um prejuízo trimestral menor e fluxo de caixa positivo nesta quarta-feira (28), uma vez que a empresa cortou custos em sua unidade de aviação e observou uma melhora na receita de seus negócios de energia.

O fluxo de caixa para suas operações industriais foi de US$ 514 milhões no terceiro trimestre, em comparação com a estimativa média dos analistas de saída de caixa de US$ 876 milhões.

Leia também:
Banco Central inicia penúltima reunião do ano para definir a taxa Selic
Dia D dos resultados: o que esperar dos balanços de Vale, Petrobras, GPA e Gerdau

Disse que espera que o fluxo de caixa livre industrial seja de pelo menos US$ 2,5 bilhões no quarto trimestre e positivo em 2021. Traçou ainda planos para cortar US$ 2 bilhões em custos, grande parte dos quais está na unidade de aviação.

A receita da unidade de aviação da GE caiu 39% no trimestre em comparação com o ano passado, enquanto no negócio de energia aumentou 3%.

O prejuízo das operações continuadas atribuíveis aos acionistas da GE encolheu para US$ 1,2 bilhão no terceiro trimestre encerrado em 30 de setembro, após perda de US$ 9,5 bilhões um ano antes.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook