Air France-KLM tem prejuízo líquido de € 1,67 bilhão no 3º trimestre

A Air France estima que sua capacidade sofrerá queda de 35% no quarto trimestre - recuo de 45% para a KLM

Isadora Duarte, do Estadão Conteúdo
30 de outubro de 2020 às 09:08

Setor aéreo foi duramente impactado pela pandemia do novo coronavírus

Foto: Hans Hagebout/KLM

A Air France-KLM informou nesta sexta-feira (30) que teve prejuízo líquido de € 1,67 bilhão (US$ 1,96 bilhão) no terceiro trimestre de 2020, ante um lucro líquido de € 362 milhões registrado em igual período de 2019.

O prejuízo operacional no trimestre foi de € 1,05 bilhão, ante lucro de € 909 milhões em igual período do ano passado. A receita entre julho e setembro ficou em € 2,52 bilhões, queda de 67% em relação ao terceiro trimestre de 2019.

Leia também:
Zona do euro: PIB cresce 12,7% no 3º tri ante trimestre anterior
Eleição nos EUA: Veja as principais ideias de Biden e Trump para a economia

"Após o 'lockdown', o grupo observou uma tendência positiva de recuperação da demanda até meados de agosto", disse a empresa em comunicado. "Então, a reversão da tendência da atividade de passageiros para negativa levou as companhias aéreas do grupo a ajustarem para baixo a capacidade planejada para o outono e inverno", acrescentou.

A Air France estima que sua capacidade sofrerá queda de 35% no quarto trimestre - recuo de 45% para a KLM. A empresa afirmou que o confinamento anunciado esta semana na França afetará sua atividade comercial.

Também disse que ambas as companhias aéreas concordaram com representantes trabalhistas sobre planos de reestruturação previamente anunciados que incluem cortes de empregos e que serão submetidos para validação final na França e na Holanda. 

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook