Precisamos retomar processo de consolidação fiscal, diz secretário do Tesouro

Bruno Funchal reiterou a necessidade do Brasil retomar a agenda de reformas para o crescimento da economia e alertou sobre a criação de programa de renda

Da CNN, em São Paulo
12 de novembro de 2020 às 23:18


A semana foi marcada por declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, que falou sobre a possibilidade de o Brasil voltar a sofrer com a hiperinflação.

Para o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, é necessário que o país retome a agenda de reformas para que a economia cresça em 2021.

Sobre as propostas de criação de um programa de distribuição renda, Funchal afirma “o espaço fiscal é muito reduzido” no país

“Nosso plano de financiamento da dívida é chegar ao final de 2020 com um colchão de liquidez robusto, olhando para os primeiros 4 meses de 2021. Porém precisamos voltar ao nosso processo de consolidação fiscal e precisamos reforçar o teto de gastos.”

Leia também

BNDES registra lucro de R$ 8,73 bilhões no terceiro trimestre

B3 tem alta de 34,4% no lucro, que vai a R$ 1,14 bi no terceiro trimestre

Brasil ainda pode ter segunda onda de Covid-19, afirma infectologista

(Publicado por Sinara Peixoto)