Superintendência do Cade aprova aquisição da Reserva pela Arezzo

Operação vai mais do que triplicar tamanho do mercado da companhia de vestuário

Estadão Conteúdo
17 de novembro de 2020 às 11:02
Loja de sapatos: aquisição da controladora da Reserva vai mais que triplicar mercado da Arezzo
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição e incorporação da totalidade do capital social da Vamoquevamo Empreendimentos e Participações pela Arezzo (ARZZ3).

Com isso, a Arezzo também adquire o controle indireto da Tiferet, incorporando todas as atividades e negócios do grupo de moda Reserva, o que abrange todo o seu portfólio de marcas - Reserva, Reserva Mini, Reserva Go, Oficina Reserva, Reserva INK e Eva.

Leia também:
Ações da Arezzo disparam após compra da rede de moda Reserva
Black Friday 2020: veja o que os brasileiros mais querem comprar na data

O aval para o negócio, anunciado em outubro e avaliado em R$ 715 milhões, foi publicado no Diário Oficial da União (DOU). O Grupo Reserva conta hoje com 78 lojas próprias e 32 franquias, além de estar presente em 1,5 mil multimarcas. Em 2019, o Grupo Reserva faturou R$ 400 milhões.

Com a operação, a Arezzo terá um aumento de capital no valor de R$ 456 milhões e, segundo a empresa, a movimentação possibilitará uma ampliação de 3,5 vezes o mercado da companhia.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook