IPO da Rede D'Or São Luiz pode movimentar até R$ 12,6 bilhões

Ações da empresa devem custar entre R$ 48 e R$ 64

Reuters
17 de novembro de 2020 às 10:17
Equipe médica atende paciente em hospital de campanha (15.mai.2020)
Foto: Ingrid Anne via Fotos Públicas

O grupo de hospitais Rede D'Or São Luiz estabeleceu entre R$ 48,91 e R$ 64,35 a faixa estimativa para o preço por papel de sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que pode movimentar até R$ 12,655 bilhões.

A operação compreende distribuição primária de 145.677.487 ações ordinárias a serem emitidas pela companhia e secundária de até 50.987.120 ações ordinárias exclusivamente no âmbito da eventual colocação dos lotes adicional e suplementar.

Considerando o preço médio da faixa estimativa, o Rede D'Or São Luiz pode levantar R$ 8,2 bilhões.

Leia também:
Ações da Qualicorp disparam após Rede D'Or planejar aumentar participação
BRZ e Le Biscuit saem da fila do IPO; já são 20 desistências neste ano

Os acionistas vendedores são fundos Carlyle, FIP Delta e o Pacific Mezz PTE Limited (investidor GIC), conforme o prospecto preliminar divulgado no final da segunda-feira.

O encerramento do procedimento de bookbuilding e a precificação da oferta estão previstas para 8 de dezembro, com o início das negociações no segmento Novo Mercado da B3 aguardado para 10 de dezembro, com o código 'RDOR3'

A oferta está sendo coordenada por Bank America, BTG Pactual, JPMorgan, Bradesco BBI, XP, BB Investimentos, Citi, Credit Suisse, Safra e Santander Brasil.

A rede D'Or pretende utilizar os recursos da oferta primária para construção de novos hospitais e/ou de expansão das unidades existentes, bem como aquisição de ativos que agreguem know-how ou permitam o desenvolvimento de novas linhas de negócios.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook