MotorTrend elege linha Mercedes E-Class como carro do ano

A vitória da Mercedes foi surpreendente porque o E-Class não traz um design completamente novo, mas uma atualização

Do CNN Business
17 de novembro de 2020 às 15:09
Modelos da linha Mercedes E-Class
Foto: Divulgaçã

A Mercedes E-Class, uma linha de modelos que inclui tudo, de um conversível de duas portas a uma perua de alto desempenho e alta potência, ganhou o prêmio “MotorTrend Car of the Year” de 2021.

A linha E-Class impressionou a equipe revista “MotorTrend” com sua mistura de luxo clássico com desempenho e tecnologia.

Leia também: 
Apple e ChargePoint formam parceria para prover dados sobre recarga de veículos
Honda vai lançar carro autônomo que promete revolucionar o mercado

A vitória da Mercedes foi surpreendente porque o E-Class não traz um design completamente novo, mas sim o que é conhecido na indústria automobilística como uma “atualização de meio do ciclo”.

Os fabricantes de automóveis geralmente lançam uma versão totalmente nova e redesenhada de um modelo de carro a cada cinco anos ou mais. No meio, eles fazem uma grande atualização, geralmente alterando um pouco a aparência e talvez oferecendo novas opções de mecanismos e outras alterações menos evidentes.

Neste caso, a reformulação dos veículos E-Class da Mercedes mudou-os de bons carros para veículos com desempenho, estilo e conforto excepcionais, de acordo com a “MotorTrend”.

Segundo a revista, um sofisticado sistema de suspensão a ar opcional oferece uma direção suave e boa resposta nas curvas. O design interior mistura telas e aberturas de aparência moderna com madeira e couro clássicos.

Também surpreendente é o fato de que o prêmio deste ano foi dado a quase todas as versões do carro na linha atual da E-Class. Isso inclui o Mercedes-Benz E 350, de US$ 54 mil (nos EUA), com seu pequeno motor de quatro cilindros, a perua Mercedes AMG E 63 S (US$ 112,5 mil nos EUA) com motor V8 de 603 cavalos de potência, e o E-Class Cabriolet e Coupe de duas portas.

Ambos os modelos de duas portas também estão disponíveis em versões AMG de alto desempenho. Todas as versões do carro foram, surpreendentemente, muito boas, de acordo com a “MotorTrend”. Normalmente, com tantas variações amplamente diferentes, pelo menos algumas cairiam de qualidade.

A “MotorTrend” ficou particularmente impressionada com as tecnologias de assistência ao motorista do E-Class, incluindo sua função de frenagem automática, acionada se o motorista não responder com rapidez suficiente a um carro parando à frente. Isso é algo comum nos carros novos hoje – a diferença aqui é que o sistema da Mercedes também aciona o freio para carros e pedestres durante as manobras, algo que a maioria dos outros não.

O E-Class também possui detecção de ponto cego lateral, outro recurso de assistência comumente disponível em carros novos. O diferencial: o sistema da Mercedes avisa também sobre carros e ciclistas que se aproximam quando o carro está parado e alguém está prestes a abrir uma porta.

Um recurso de tecnologia que não impressionou a equipe da revista automotiva foi o sistema de interface do usuário para motoristas e passageiros. O sistema pode ser operado tocando na tela do visor, usando a almofada sensível ao toque entre os assentos, deslizando um polegar em minúsculos painéis sensíveis ao toque no volante ou usando comandos de voz.

O uso do sistema faz com que o motorista tire os olhos da via com muita frequência, de acordo com a equipe da “MotorTrend”. E as várias funções do carro exigem a passagem de muitos menus, enquanto as respostas do sistema às entradas, principalmente dos controles do volante, são inconsistentes.

O Grupo MotorTrend, que engloba a revista impressa, o site e as lojas de vídeo, distribui prêmios anuais de Carro do Ano, SUV do Ano e Caminhão do Ano. A Land Rover Defender foi eleita SUV do ano em outubro. O Caminhão do Ano ainda não foi anunciado.

Para ser elegível para os prêmios, uma linha do modelo deve ser totalmente nova ou ter sido substancialmente alterada para o ano modelo de 2021.

(Texto traduzido, clique aqui para ler o original em inglês)

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook