Entrevista com Amazon; bitcoin vai a R$ 100 mil e mais: o que mexe no seu bolso

Matérias estão entre as mais acessadas pelos leitores do CNN Brasil Business

Natália Flach, do CNN Brasil Business, em São Paulo
23 de novembro de 2020 às 09:39
Foto: CNN Brasil Business


Entre os assuntos mais comentados nesta segunda-feira (23) de manhã, estão a entrevista exclusiva do CEO da Amazon sobre prazo de entrega e novidades no Brasil, a escalada de preços do bitcoin para R$ 100 mil e a análise sobre as ações da PetroRio: ainda vale a pena investir?

Amazon

A Amazon anunciou em novembro a criação de três novos centros de distribuição no Brasil. "O que a Amazon quer é cada vez mais estar próximo do cliente. Poder entregar em dois dias ou até mesmo em um", diz Alex Szapiro, presidente da operação brasileira da marca, a Matheus Prado do CNN Brasil Business. "É preciso gerar um valor desproporcional ao que o cliente paga em relação aquilo que ele recebe. Cobramos R$ 9,90 na assinatura, e isso às vezes é abatido com um frete. Ainda tem filmes à vontade, livros, revistas, músicas. Isso está muito no nosso DNA."

Bitcoin

A escalada da moeda digital para R$ 100 mil foi incentivada por uma entrevista do diretor de investimentos de renda fixa da gestora Black Rock, Rick Rieder. O executivo da maior gestora de recursos do mundo disse que o bitcoin poderia tomar o lugar do ouro como referência econômica, fazendo a criptomoeda avançar 4% em dólares.

PetroRio

Somente na quinta-feira (19), as ações da petroleira dispararam 29,9%, após anunciar a compra de uma fatia de dois blocos de exploração na bacia do pré-sal. No ano, a valorização é de 114%. Analistas respondem se os papéis ainda têm gás para subir mais.